Uma Corrente Estranha

[Almas Mortas, Nikolai Gogol, página 76, Nova Cultural, 2003] “Mas por que será que, no meio dos momentos mais leves, alegres e despreocupados, ás vezes surge por si mesma uma corrente estranha? O riso ainda nem teve tempo de se apagar do nosso semblante, e já nos transformamos em outro, entre as mesmas pessoas, e já […]

Página Branca em Mãos Hábeis

[House of Cards, 1ª Temporada, episódio 6, em 24’09’’] “What’s better than a blank slate in the right hands?”, responde Frank Underwood à objeção de que sua indicação para candidato a governador não era conhecida nem tinha estrutura. O que é melhor do que uma folha branca em mãos capazes? Lembrei dos “postes” do Lula — Fernando […]

Sinto Saudade de Estar Triste

Publiquei no Digestivo Cultural a crônica/artigo Kurt Cobain; ou: I Miss the Comfort in Being Sad, um texto em homenagem aos 20 anos do suicídio de Kurt Cobain. Trata de juventude e dos modos de viver a poesia. Eu escrevi: Talvez por isso a maior suavidade, o máximo de felicidade conhecido por Kurt tenha ocorrido quando se sentia […]

Cifra os Afetos, Faz Dança

Publiquei no Digestivo Cultural a crítica MPTA, Dança feita de Afetos Condensados, sobre os espetáculos de dança Nós Somos Semelhantes a Esses Sapos e Ali, do grupo francês MPTA. Eu escrevi: O mais impressionante das duas peças é sua capacidade de representar sentimentos e processos com signos concisos, descrever o essencial de certos tipos de relação com […]

Quem Vê, O Que Vê, Como Vê

Publiquei no Digestivo Cultural a crítica Fotonovela: Sociedade/ Classes/ Fotografia, sobre a exposição com esse título realizada pelo Itaú Cultural. Eu escrevi: A exposição Fotonovela: Sociedade/Classes/Fotografia traz uma seleção de trabalhos que dilui algumas oposições típicas – verdadeiro e falso, fantasia e realidade, sujeito e objeto – ao mesmo tempo em que exibe os contrastes em situações e classes […]

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo