Mais Recentes

experimento surrealista #1 (escrita automática)

João nunca soube o que Luciana iria lhe dizer naquela tarde de domingo. O voo dos tubarões na tarde de sábado já havia destruído qualquer possibilidade de percorrer a cidade com segurança, então a garota não pode vir ao seu encontro. Além disso, as carpas comedoras de eletricidade haviam devorado tanto os cabos de energia […]

Aracy Amaral: Rigores da Curiosidade

Minha entrevista com a pesquisadora e crítica de artes visuais Aracy Amaral, para o site da exposição Ocupação Aracy Amaral, realizada no Itaú Cultural de 22 de julho a 27 de agosto de 2017. A edição do material foi de Maria Clara Matos e Cassandra Mello.  

O Prefeito Daqui

“Ó o tamanho do tumor. Ó: a tela inteira”, equilibrando-se no corredor do metrô com as pernas afastadas, o homem — camisa de botão roxa, calça cáqui, cabelo só ao lado das orelhas — estendeu o celular a uma mulher sentada. Então pegou a menina de três anos, loirinha, serelepe, que estava agarrada às suas […]

Lúcia Maciel Barbosa de Oliveira: “Pesquisar Exige Ousadia”

As investigações de Lúcia Maciel Barbosa de Oliveira estão na intersecção entre cultura e informação, no estudo de como circulam sentidos e se formam práticas sociais. Docente da Escola de Comunicação e Artes (ECA) da USP, Lúcia é doutora em Ciência da Informação (acesse a sua tese: “Corpos Indisciplinados: Ação Cultural em Tempos de Biopolítica“), mestre em Ciências da Comunicação, […]

A Serventia da Teoria, para Manuel Castells

O sociólogo Manuel Castells, em A Era da Informação: Economia, Sociedade e Cultura – volume 1: A Sociedade em Rede, descreve os critérios da sua prática: A relevância de uma teoria social, além do conjunto de provas reunidas para respaldar assuntos específicos, deriva, em última instância, da sua capacidade de explicar a evolução social, tanto na sociedade em […]

No XVII, Monthly Weeklies

Chad Wellmon, no livro Organizing Enlightenment: Information Overload and the Invention of the Modern Research University, retrata a “explosão de periódicos” na segunda metade do século XVII. O tipo de veículo que mais se prolifera nesse período lembra a variedade de escopo do jornalismo conteporâneo: The periodicals that expanded most rapidly in the first third of the century […]

Publicidade da Ausência

Propagandas baseadas não na exibição do produto ou da marca, mas que trabalham eludindo (não totalmente, mas em grande intensidade) esses elementos centrais e se sustentando no ambiente de disseminação da mensagem, que deve garantir que ela seja completada. Ontem o New York Times publicou um exemplo disso: o McDonald’s lançou uma campanha que não cita […]