Autor: duanneribeiro

Atenção às Demandas do Debate

O professor e pesquisador Pablo Ortellado apontou a prevaricação jornalística na cobertura da morte do juiz Teori Zavascki, feita contraditoriamente por se querer responsável: Um ministro do Supremo, relator da Lava Jato, morre num acidente de avião, dias antes de homologar uma delação que incriminaria dezenas de políticos. As pessoas começam a suspeitar que o ministro pode ter sido […]

Pautar-se e Submeter-se

Destaco um perfil da filósofa Martha Nussbaum, escrito por Rachel Aviv para a New Yorker (a piauí traduziu). A perfilada põe em questão o quanto a jornalista se pautou para o trabalho — como é de costume, experiências adversas com coberturas jornalísticas marcavam sua atitude: No momento, Martha Nussbaum está às voltas com um livro sobre o […]

Cena Madura, Efeito da Crítica

Um trecho da entrevista do quadrinista Ricardo Coimbra ao Scream & Yell: (…) para ter cena, é preciso ter público, ter mercado e ter crítica. Quando as pessoas vão fazer críticas sobre quadrinhos, são sempre apaixonados, pessoas que querem incentivar a criação de uma cena, e com isso passam muito a mão na cabeça dos autores. […]

Marivalde Francelin: “Trabalhar com pesquisa é aceitar-se humano”

Doutor em Ciência da Informação pela Universidade de São Paulo, mestre em Biblioteconomia e Ciência da Informação pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas e graduado em Biblioteconomia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), o professor da Escola de Comunicação e Artes (ECA) da USP Marivalde Francelin fala sobre seus interesses intelectuais, […]

Crônica é Buscar a Crônica

Uma definição de crônica, do texto “O Homem de Kersting“, de José Castello: Aqui se repete comigo a descoberta, um tanto assustadora, um tanto fraudulenta, que sempre surpreende os cronistas. É buscando uma crônica — é em sua procura, e não em seu encontro — que uma crônica se faz. A crônica não é algo que […]

Os Seis Criados Honestos de Kipling

O cientista da informação Kevin McGarry. no livro O Contexto Dinâmico da Informação, cita um poema do escritor Rudyard Kipling: Tenho seis criados honestos Ensinaram-me tudo que sabia Seus nomes são que e por que e quando E como e onde e quem São as mesmas perguntas básicas do lead. Como é algo na base da nossa […]

A Cegueira do Jornalista de Games Focado em Games

“Microsoft won’t turn your Xbox One into a PC, it wants to turn your PC into an Xbox One“, de Ben Kuchera, especula sobre a estratégia comercial da Microsoft ao interligar o seu sistema operacional Windows 10 com o seu console de videogame Xbox One. O artigo pinta um cenário sombrio em que a empresa consegue debelar […]

O Jornalista Enquanto Boi

Dois efeitos de manada jornalísticos. O primeiro, encontro no livro A Garota da Banda, da musicista, artista visual e estilista americana Kim Gordon (mais conhecida como baixista do Sonic Youth): Quando conheci Jutta Koether, ela era editora e redatora na revista Spex. Ela estava me entrevistando e ao Thurston durante a nossa turnê europeia do Daydream Nation, e pareceu […]

Invasor/Libertador

A dualidade de certo ideograma chinês que diria ao mesmo tempo crise e oportunidade (uma interpretação do signo que se popularizou no Ocidente e, me avisa a Wikipedia, é incorreta) transparece em A Cidade Mágica, de Edith Nesbit: — Muitos invasores?! — a resposta veio quase com desdém. — É exatamente esse o caso: nunca houve outro até agora. […]

Seis por Meia-Dúzia

[publicado no Facebook em 17/4/2016] Em uma das suas viagens, Gulliver chegou a um país sob grande turbulência política. A sociedade se dividia entre os que se vestiam de roxo e verde e os que se vestiam de marrom (os cor-de-rosa, os pretos, os beges pareciam não existir). Os roxo-verdes gritavam em imensas manifestações nas […]