Cifra os Afetos, Faz Dança

Posted Leave a commentPosted in Artes & Ideias, Portfólio, Sem categoria

Publiquei no Digestivo Cultural a crítica MPTA, Dança feita de Afetos Condensados, sobre os espetáculos de dança Nós Somos Semelhantes a Esses Sapos e Ali, do grupo francês MPTA. Eu escrevi: O mais impressionante das duas peças é sua capacidade de representar sentimentos e processos com signos concisos, descrever o essencial de certos tipos de relação com […]

Quem Vê, O Que Vê, Como Vê

Posted Leave a commentPosted in Artes & Ideias, Portfólio, Sem categoria

Publiquei no Digestivo Cultural a crítica Fotonovela: Sociedade/ Classes/ Fotografia, sobre a exposição com esse título realizada pelo Itaú Cultural. Eu escrevi: A exposição Fotonovela: Sociedade/Classes/Fotografia traz uma seleção de trabalhos que dilui algumas oposições típicas – verdadeiro e falso, fantasia e realidade, sujeito e objeto – ao mesmo tempo em que exibe os contrastes em situações e classes […]

Brutalidade Técnica

Posted Leave a commentPosted in Portfólio, Sem categoria

Publiquei no Digestivo Cultural a crítica American Horror Story: Asylum, sobre a série televisiva com esse título. Eu escrevi: A segunda temporada de American Horror Story (subintitulada Asylum), série competente de terror exibida pelo canal a cabo FX, traz duas ideias interessantes, ou melhor, seu roteiro é fundamentado em duas noções. Primeira, a de que o saber é uma forma […]

Antesala dos Relacionamentos

Posted Leave a commentPosted in Portfólio, Sem categoria

Publiquei no Digestivo Cultural a crítica Todas as Tardes, Escondido, Eu a Contemplo, sobre o espetáculo de dança Todas as Tardes. Eu escrevi: Todas as Tardes, solo de dança interpretado por Sílvia Geraldi, ocorre na antesala dos relacionamentos. A comunicação de que a atração existe, a negociação para o avanço, a sinalização de que se está satisfeito: […]

Real + Irreal

Posted Leave a commentPosted in Portfólio, Sem categoria

Publiquei no Digestivo Cultural a crítica Margarita Paksa: Percepção e Política, sobre uma exposição retrospectiva dessa artista argentina no Museu de Arte Moderna de Buenos Aires, o Mamba. Eu escrevi: Paksa é uma criadora multimídia que fez parte da vanguarda artística argentina da década de 1960, tendo estado entre os artistas que orbitavam um dos centros da […]

6567826968738469

Posted Leave a commentPosted in Portfólio, Sem categoria

Publiquei no Digestivo Cultural a crítica Analisando Sara: Pós-hardcore atmosférico, sobre o EP 6567826968738469 da banda do litoral paulista. Eu escrevi: A sonoridade instrumental me lembra Circa Survive, Alexisonfire (sem a fúria), Envydust. Mas não é exatamente nada disso (…) O EP anterior a esse, Repetição Imediata: Co-Evolução e Consequência, foi premiado pelo Zona Punk como melhor demo […]