Greve de Correspondentes e Freelancers na RFI

O jornal Orange noticiou nesta segunda uma greve de correspondentes e freelances da Rádio França Internacional (RFI). Vários programas sofreram interrupções por efeito do protesto (veja também no Jornal do Brasil).

Chamando a si mesmos de Radio Spartacus, os grevistas denunciaram a perda de seguridade social causada pela empresa, que deixou de contribuir, no que se refere a esses trabalhadores, com sistemas de proteção social.

Após uma declaração da empresa tendo em vista negociações, considerada positiva, os jornalistas declararam:

Numerosas incertezas permanecem. Quais garantias concretas para a seguridade social e a aposentadoria dos correspondentes? Na declaração de decisões da direção, nenhum montante preciso é indicado. (…)

Devemos cobrir eventos em zonas de conflito sem ter nossa saúde assegurada?

Segundo o Orange, a RFI tem 800 correspondentes nos cinco continentes. A direção da rádio deve se reunir com os grevistas outra vez nesta semana.

Duanne Ribeiro é jornalista, escritor e pesquisador em ciência da informação e filosofia. Em jornalismo, formou-se pela Universidade Santa Cecília (Unisanta). É mestre em Ciência da Informação — com a dissertação “A Criatividade do Excesso – Historicidade, Conceito e Produtividade da Sobrecarga de Informação” —, bacharel em Filosofia pela Universidade de São Paulo e especializado em Gestão de Projetos Culturais pelo Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Cultura e Comunicação (Celacc), ligado à USP. Publicou, pela editora Patuá, o romance As Esferas do Dragão (2019). É analista de comunicação para o Itaú Cultural e editor da revista Úrsula.
Post criado 288

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo