Como se Faz Fantasia

Posted Leave a commentPosted in Sem categoria

Publiquei no Digestivo Cultural a crítica A Fantasia Verossímil, ou: Thor, abordando nem tanto o filme, mas sim quais os seus elementos que nos permitem explorar como histórias de fantasia são criadas — quais suas balizas, suas condições de possibilidade. Eu escrevi: A fantasia é algo que funciona apenas como um sistema restrito de coerências, dependente de […]